Arquivo do autor:antoniopneto

Sobre antoniopneto

Professor de Língua Portuguesa, contista e cronista.

Incríveis jogos de palavras: para acabar com a monotonia

Acostumamo-nos com a definição de que a Metalinguagem é a linguagem que descreve sobre ela mesma. Isto é, ela utiliza o próprio código para explicá-lo. E  o que dizer de um livro que descreve o próprio ato de escrever ? “Incríveis … Continuar lendo

Publicado em Escritores de Minas Gerais | Marcado com , , , | 1 Comentário

“Aos senhores, senhoras, senhoritas e jovens solteiros”, crônica de Antonio Rocha Neto.

Andei pensando: usamos o termo “senhora” para dirigir a palavra a mulheres casadas e “senhorita” para dirigi-la a mulheres solteiras. Usamos o termo “senhor” para dirigir a palavra a homens casados e “senhorito” para dirigi-la a homens solteiros. Certo? Peraí, … Continuar lendo

Publicado em Academia de Letras de Vila Velha, autores do Espírito Santo, crônicas, escritores do Espírito Santo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

A HISTÓRIA DE UMA ESCOLA

Comunidades  que surgiram Nessas terras frias. Aqui se instalaram Construíram moradias. *** Vila Nova se ergueu Com trabalho e honestidade. Um povo que resistiu A toda dificuldade. *** Logo depois surgiu, A Vila de Jetibá. Muita gente que se uniu … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários

RICARDO CHAGAS, um talento do Paraná!

  EM NOME DO PAI Chego em casa todo moído, a oficina tá me matando. Um escarcéu na rua de casa. Polícia, gentarada, rádio, TV o escambau. Logo fico sabendo que mataram o moleque do vizinho. Era colega do meu … Continuar lendo

Publicado em autores do Paraná, contista paranaense, Contos, escritores de Ivaiporã, Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

DOARTE

Em 87 tercetos, Giuseppe Caonetto nos faz refletir sobre o sentido da palavra DOAR. Caonetto desvela que Doar é uma  Arte. Cada terceto é uma sugestão… Uma pista… Um aceno … Cada terceto de Caonetto descortina, aos que ainda não … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário

DIÁSPORA PARANAENSE

DIÁSPORA PARANAENSE                                                                                    Antonio Neto Meu amigo José, Filho pródigo de Maringá. Você nunca mais deu notícias, Engrossou a fila dos migrantes, É mais um paranaense errante, Perdido na Pauliceia!   *   “Procura-se: Homem justo, Simples, Natural do Paraná. … Continuar lendo

Publicado em autores do Espírito Santo, Poesia | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Conceição Evaristo

  Meia lágrima Não, a água não me escorre entre os dedos, tenho as mãos em concha e no côncavo de minhas palmas meia gota me basta. Das lágrimas em meus olhos secos, basta o meio tom do soluço para … Continuar lendo

Publicado em escritoras negras brasileiras, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário